Efeitos do contraste iodado, da xilocaína e da concentração de gadolínio no sinal emitido em exames de artrorressonância magnética: estudo por amostras

Autoria: Yvana Lopes Pinheiro da Silva; Rita Zanlorensi Visneck Costa; Kátia Elisa Prus Pinho; Ricardo Rabello Ferreira; Sueliton Miyamoto Schuindt
Fonte: Radiologia Brasileira
Tipo: Artigo
Ano: 2015
Idiomas: Português/ Inglês

Resumo em Português

Objetivo: Investigar, mediante quantificação da intensidade do sinal emitido em amostras, se a diluição do agente de contraste paramagnético com contraste iodado e xilocaína alteram o sinal emitido pelo meio de contraste paramagnético durante o exame de artrorressonância, e aperfeiçoar a concentração de contraste paramagnético utilizada no exame.

Materiais e Métodos: Foi realizada sequência de pulso fast spin eco ponderada em T1 com saturação de gordura, utilizando três diferentes concentrações de contraste paramagnético diluídas em solução salina, contraste iodado e xilocaína. As amostras foram colocadas em frascos e a análise gráfica da intensidade do sinal em função da concentração de contraste paramagnético foi realizada.

Resultados: Constatou-se que as diluições de contraste paramagnético em contraste iodado e xilocaína diminuíram, em média, a intensidade do sinal em 20,67% para o contraste iodado e 28,34% para a xilocaína, em comparação com as amostras de concentração idêntica diluídas apenas em solução salina. Porém, o aumento da concentração de gadolínio nas amostras ocasionou a diminuição da intensidade do sinal emitido pelo gadolínio, para todas as diluições.

Conclusão: Minimizar o uso do meio de contraste iodado e da xilocaína e/ou a utilização de uma concentração de gadolínio com 2,5 mmol/L, diluída em solução salina, irá aperfeiçoar a sensibilidade do exame de artrorressonância magnética.

Abstract in English

Objective: To investigate the effects of dilution of paramagnetic contrast agent with iodinated contrast and xylocaine on the signal intensity during magnetic resonance arthrography, and to improve the paramagnetic contrast agent concentration utilized in this imaging modality.

Materials and Methods: Samples specially prepared for the study with three different concentrations of paramagnetic contrast agent diluted in saline, iodinated contrast agent and xylocaine were imaged with fast spin echo T1-weighted sequences with fat saturation. The samples were placed into flasks and graphical analysis of the signal intensity was performed as a function of the paramagnetic contrast concentration.

Results: As compared with samples of equal concentrations diluted only with saline, the authors have observed an average signal intensity decrease of 20.67% for iodinated contrast agent, and of 28.34% for xylocaine. However, the increased gadolinium concentration in the samples caused decrease in signal intensity with all the dilutions.

Conclusion: Minimizing the use of iodinated contrast media and xylocaine and/or the use of a gadolinium concentration of 2.5 mmol/L diluted in saline will improve the sensitivity of magnetic resonance arthrography.

Artigo completo em Português: Efeitos do contraste iodado, da xilocaína e da concentração de gadolínio no sinal emitido em exames de artrorressonância magnética: estudo por amostras

Full article in English: Effects of iodinated contrast agent, xylocaine and gadolinium concentration on the signal emitted in magnetic resonance arthrography: a samples study

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s