Avaliação ultrassonográfica da gordura visceral e subcutânea em crianças obesas

Autoria: Telma Sakuno; Letícia Mary Tomita; Carolina Mywa Tomita; Isabela de Carlos Back Giuliano; Amanda Ibagy; Nilza Maria Medeiros Perin; Lisiane Schilling Poeta
Fonte: Radiologia Brasileira
Tipo: Artigo
Ano: 2014
Idiomas: Português/ Inglês


Resumo em Português

Objetivo: Avaliar as medidas ultrassonográficas da gordura visceral e subcutânea em crianças e testar se a gordura pré-peritoneal (GPP) e o índice de gordura da parede abdominal (IGPA) são parâmetros úteis para determinar a gordura visceral e a presença de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) em crianças obesas.

Materiais e Métodos: Estudo tipo caso-controle, com uma amostra de 44 crianças, sendo 22 casos e 22 controles, pareados conforme sexo e idade. Os resultados foram analisados de forma descritiva e bivariada, com teste t de Student e teste exato de Fischer.

Resultados: Os parâmetros ultrassonográficos avaliados – tecido celular subcutâneo, GPP e gorduras intraperitoneais, e DHGNA – obtiveram elevada associação estatística com o índice de massa corpórea. A DHGNA foi observada em oito pacientes obesos (36,36%), sendo que a GPP e o IGPA foram as variáveis com maior significância estatística, com valor de p < 0,0001.

Conclusão: A ultrassonografia permite diferenciar e quantificar a gordura visceral e subcutânea nas crianças. As medidas da GPP e do IGPA são úteis para a avaliação da gordura visceral e DHGNA em crianças obesas.


Abstract in English

Objective: To evaluate sonographic measurements of visceral and subcutaneous fat in children, and to investigate the usefulness of preperitoneal fat (PF) and the abdominal wall fat index (AFI) as parameters to determine visceral fat and presence of nonalcoholic fatty liver disease (NAFLD) in obese children.

Materials and Methods: A case-control study of a sample including 44 children (22 cases and 22 controls) matched by sex and age. The Student t test and the Fisher exact test were utilized in the descriptive and bivariate analysis.

Results: The sonographic parameters evaluated – subcutaneous cell tissue, PF and intraperitoneal fat, and NAFLD – presented high statistical association with body mass index. NAFLD was observed in eight obese patients (36.36%), and PF and AFI were the variables with highest statistical significance, with p < 0.0001.

Conclusion: Ultrasonography is useful tool in the differentiation and quantification of visceral and subcutaneous fat in children. The measures of PF and AFI are useful in the assessment of visceral fat and NAFLD in obese children.


Artigo completo em Português: Avaliação ultrassonográfica da gordura visceral e subcutânea em crianças obesas

Full article in English: Sonographic evaluation of visceral and subcutaneous fat in obese children

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s