Avaliação da dose ocupacional e de pacientes adultos em procedimentos de angiografia cerebral

Autoria: Neuri Antonio Lunelli; Helen Jamil Khoury; Gustavo Henrique Vieira de Andrade; Cari Borrás
Fonte: Radiologia Brasileira
Tipo: Artigo
Ano: 2013
Idiomas: Português/ Inglês


Resumo em Português

Objetivo: Este trabalho teve como objetivo estimar os valores de doses de radiação recebidas por médicos e pacientes em procedimentos de angiografias cerebrais realizados em um hospital público na cidade de Recife, PE.

Materiais e Métodos: Foram avaliadas as doses recebidas por 158 pacientes. Durante os procedimentos clínicos, foram registrados os parâmetros de irradiação (kV, mAs), número de imagens, valor do kerma ar de referência (Ka,r) e do produto kerma ar-área (PKA). Também foi efetuado estudo da dose absorvida na região dos olhos, tireoide, tórax, mãos e pés dos médicos que realizaram os procedimentos intervencionistas.

Resultados: Os resultados mostraram que as doses na região dos olhos dos pacientes podem chegar a valores próximos ao limiar para a ocorrência de catarata. A dose efetiva
média nos médicos foi 2,6 µSv, sendo que o maior valor encontrado foi 16 µSv.

Conclusão: Dependendo do número de procedimentos mensais, as doses recebidas pelos médicos podem exceder o novo limite de dose anual para o cristalino, que é de 20 mSv, estabelecido pelos órgãos nacionais e internacionais. As altas doses recebidas pelos médicos são decorrentes da ausência de acessórios de radioproteção, tais como cortinas, telas e óculos plumbíferos.


Abstract in English

Objective: The present study was aimed at estimating the doses received by physicians and patients during cerebral angiography procedures in a public hospital of Recife, PE, Brazil.

Materials and Methods: The study sample included 158 adult patients, and during the procedures the following parameters were evaluated: exposure parameters (kV, mAs), number of acquired images, reference air kerma value (Ka,r) and air kerma-area product (PKA). Additionally, the physicians involved in the procedures were evaluated as for absorbed dose in the eyes, thyroid, chest, hands and feet.

Results: The results demonstrated that the doses to the patients’ eyes region were relatively close to the threshold for cataract occurrence. As regards the physicians, the average effective dose was 2.6 µSv, and the highest effective dose recorded was 16 µSv.

Conclusion: Depending on the number of procedures, the doses received by the physicians may exceed the annual dose limit for the crystalline lenses (20 mSv) established by national and international standards. It is important to note that the high doses received by the physicians are due to the lack of radiation protection equipment and accessories, such as leaded curtains, screens and protective goggles.


Artigo completo em Português: Avaliação da dose ocupacional e de pacientes adultos em procedimentos de angiografia cerebral

Full article in English: Evaluation of occupational and patient dose in cerebral angiography procedures

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s