Classificação da doença pulmonar obstrutiva crônica pela radiografia do tórax

Autoria: Leilane Marcos; Gerson Linck Bichinho; Emmanuel Alvarenga Panizzi; Keidy Karla Gonçalves Storino; Davi Carpintéro Pinto
Fonte: Radiologia Brasileira
Tipo: Artigo
Ano: 2013
Idiomas: Português/ Inglês


Resumo em Português

Objetivo: O estudo avalia, quantitativamente, as radiografias torácicas de indivíduos com e sem doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e verifica se dados obtidos da imagem radiográfica podem classificar o indivíduo em com e sem DPOC.

Materiais e Métodos: Utilizaram-se três grupos de imagens radiográficas torácicas: grupo 1, com 25 indivíduos com DPOC; grupo 2, com 27 indivíduos sem DPOC; grupo 3 (utilizado na reclassificação/validação da avaliação), com 15 indivíduos com DPOC. A classificação da DPOC tomou como base a espirometria. As variáveis utilizadas, normalizadas pela altura retroesternal, foram: largura pulmonar (LARGP), níveis de rebaixamento diafragmático direito (ALBDIR) e esquerdo (ALBESQ), ângulo costofrênico (ANGCF) e distâncias intercostal direita (DISDIR) e esquerda (DISESQ).

Resultados: Na comparação das radiografias de indivíduos com DPOC e sem DPOC houve diferença estatística entre os dois grupos nas variáveis relacionadas com o diafragma. Para a reclassificação da DPOC, apresentaram maior índice de classificação correta: ANGCF (80%), ALBDIR (73,3%), ALBESQ (86,7%).

Conclusão: A avaliação do tórax por meio de imagens radiológicas demonstrou que as variáveis que permitem uma maior discriminação entre indivíduos com e sem DPOC são aquelas relacionadas ao músculo diafragmático.


Abstract in English

Objective: Quantitative analysis of chest radiographs of patients with and without chronic obstructive pulmonary disease (COPD) determining if the data obtained from such radiographic images could classify such individuals according to the presence or absence of disease.

Materials and Methods: For such a purpose, three groups of chest radiographic images were utilized, namely: group 1, including 25 individuals with COPD; group 2, including 27 individuals without COPD; and group 3 (utilized for the reclassification /validation of the analysis), including 15 individuals with COPD. The COPD classification was based on spirometry. The variables normalized by retrosternal height were the following: pulmonary width (LARGP); levels of right (ALBDIR) and left (ALBESQ) diaphragmatic eventration; costophrenic angle (ANGCF); and right (DISDIR) and left (DISESQ) intercostal distances.

Results: As the radiographic images of patients with and without COPD were compared, statistically significant differences were observed between the two groups on the variables related to the diaphragm. In the COPD reclassification the following variables presented the highest indices of correct classification: ANGCF (80%), ALBDIR (73.3%), ALBESQ (86.7%).

Conclusion: The radiographic assessment of the chest demonstrated that the variables related to the diaphragm allow a better differentiation between individuals with and without COPD.


Artigo completo em Português: Classificação da doença pulmonar obstrutiva crônica pela radiografia do tórax

Full article in English: Classification of chronic obstructive pulmonary disease based on chest radiography

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s