Uma metodologia para verificação dosimétrica in vivo em radioterapia estereotáxica

Autoria: Leonardo L. Amaral; Harley F. Oliveira; Leandro R. Fairbanks; Patrícia Nicolucci; Thomaz G. Netto
Fonte: Revista Brasileira de Física Médica
Tipo: Artigo
Ano: 2012
Idioma: Português


Resumo em Português

Radioterapia de lesões cerebrais próximas a estruturas críticas necessita de uma alta exatidão na localização e dose. A alta precisão na localização é obtida por meio dos aparatos estereotáxicos. O rigor na liberação da dose deve ser acompanhado por um preciso controle da qualidade nos aparelhos que envolvem a prática, porém, ainda não garante a dose no momento da terapêutica. O grande número de campos e a pequena dimensão deles dificultam os métodos convencionais de dosimetria no momento do tratamento. O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma metodologia de verificação dosimétrica in vivo em radioterapia estereotáxica, com auxilio de filme radiocrômico no Acelerador Linear com colimadores Moduleaf. A técnica utiliza segmentos de filme radiocrômico Gafchromic EBT2, com dimensões de 1×1 cm2 , acoplados na área externa ao micromultileaf Moduleaf da Siemens. Esses filmes foram inseridos na região do eixo central do feixe. Os filmes foram calibrados e irradiados para obtenção dos fatores que determinam a dependência dosimétrica da dimensão do campo. Com estes dados, foi elaborado um programa computacional, o qual calcula a densidade relativa que um filme deve adquirir quando submetido a uma exposição nesta configuração. Neste estudo foram avaliados cinco planos não coplanares, o primeiro com 15 campos e os outros com 25 campos. Antes de iniciar o procedimento, o segmento de filme é acoplado ao aparelho e, após a execução do tratamento, a densidade relativa é avaliada e comparada com a calculada. O valor médio da verificação dosimétrica no momento da irradiação, comparado com o calculado pela planilha, foi de 1,5%. Os dados coletados neste estudo apresentaram uma concordância satisfatória entre o calculado pelo programa e o medido no densitômetro. Desta forma, foi desenvolvida uma metodologia para verificação dosimétrica in vivo em radioterapia estereotáxica com acelerador linear e colimadores Moduleaf.


Abstract in English

Radiotherapy of brain lesions near critical structures requires a high accuracy in the location and dose. The high precision is achieved by the location of the stereotactic apparatus. The accuracy in dose delivery should be accompanied by an accurate quality control in devices that involve the practice, however, still does not guarantee the dose at the time of therapy. The large number of fields and the small size of these conventional methods difficult dosimetry during treatment. The objective of this work was to develop a verification methodology in vivo dosimetry in stereotactic radiotherapy with the aid of the film radiochromic Linear Accelerator with multileaf collimators Moduleaf. The technique uses film segments radiochromic Gafchromic EBT2, with dimensions of 1×1 cm2 in area outside the coupled micro-multileaf Moduleaf Siemens. These films were inserted in the region of the central axis of the beam. The films were irradiated and calibrated to obtain the factors that determine the size dependence of the dosimetric field. With these data, we designed a computer program which calculates the density of a film must acquire when subjected to an exposure in this setting. This study evaluated five non-coplanar plans, the first with 15 fields and the other with 25 fields. Before starting the procedure, the film segment is coupled to the device, and after the treatment, the relative density is evaluated and compared with the calculated. The average value of the verification at the time of radiation dosimetry compared with the calculated by the sheet was 1.5%. The data collected in this study showed a satisfactory agreement between measured and calculated by the program in the densitometer. Thus, a methodology was developed to verify in vivo dosimetry in radiotherapy and stereotactic linear accelerator collimators Moduleaf.


Artigo completo em Português: Uma metodologia para verificação dosimétrica in vivo em radioterapia estereotáxica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s