Magnetic resonance imaging findings of disc-related epidural cysts in nonsurgical and postoperative microdiscectomy patients

Autoria: Marcelo Novelino Simão; Clyde A. Helms; William J. Richardson
Fonte: Radiologia Brasileira
Tipo: Artigo
Ano: 2012
Idioma: Inglês


Abstract in English

Objective: To demonstrate five discal cysts with detailed magnetic resonance imaging findings in nonsurgical and following postoperative microdiscectomy.

Materials and Methods: Five discal cysts in four patients who underwent magnetic resonance imaging were found through a search in our database and referral from a single orthopedic spine surgeon. Computed tomography in two cases and computed tomography discography in one case were also performed.

Results: Five discal cysts were present in four patients. Three patients had no history of previous lumbar surgery and the other patient presented with two discal cysts and recurrent symptoms after partial laminectomy and microdiscectomy. All were oval shaped and seated in the anterior epidural space. Four were ventrolateral, and the other one was centrally positioned in the anterior spinal canal. One showed continuity with the central disc following discography. Three were surgically removed.

Conclusion: Magnetic resonance imaging can easily depict an epidural cyst and the diagnosis of a discal cyst should be raised when an homogeneous ventrolateral epidural cyst contiguous to a mild degenerated disc is identified.


Resumo em Português

Objetivo: Demonstrar os achados de imagem em cinco casos de cisto discal em pacientes sem cirurgia prévia e após microdiscectomia.

Materiais e Métodos: Cinco cistos discais em quatro pacientes submetidos a exames de ressonância magnética foram identificados após procura em nossos sistemas de dados e por referência de um cirurgião ortopédico especialista em coluna. Exames de tomografia computadorizada também estavam disponíveis em dois casos e discografia por tomografia computadorizada em um caso.

Resultados: Três pacientes não tinham história prévia de cirurgia lombar e o outro paciente, que tinha dois cistos discais, apresentava recorrência dos sintomas após laminectomia parcial e microdiscectomia. Todos os cistos mostravam aspecto ovalado e estavam localizados no espaço epidural anterior, sendo quatro ventrolaterais, e o outro estava posicionado na região central do espaço epidural anterior. A discografia por tomografia computadorizada, disponível em um caso, demonstrou continuidade do cisto com o disco. Três foram submetidos a ressecção cirúrgica.

Conclusão: A ressonância magnética pode facilmente identificar um cisto epidural e o diagnóstico de cisto discal deve ser considerado quando uma imagem cística homogênea, localizada no espaço epidural anterior, ventrolateral, e em contato com um disco parcialmente degenerado for identificada.


Full article in English: Magnetic resonance imaging findings of disc-related epidural cysts in nonsurgical and postoperative microdiscectomy patients

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s