Comparação entre fragmentos obtidos com agulhas de calibres 14 e 12 em “core biopsy” estereotáxica de lesões mamárias impalpáveis: diferenças entre o tamanho dos fragmentos e freqüência dos tipos de lesões diagnosticadas

Autoria: Maria do Carmo Abreu-e-Lima; Norma Maranhão; Virginia Almeida; Cláudia Batista Melo; Ênio Araújo; Manuela Abreu-e-Lima; Adonis R. L. de Carvalho
Fonte: Radiologia Brasileira
Tipo: Artigo
Formato: PDF
Ano: 2001
Idioma: Português

Visualizar/ Abrir

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s